terça-feira, 30 de setembro de 2008

O meu filho

dormiu 15 horas seguidas. E só acordou porque eu achei que já era tempo a mais e que às 3 da tarde já era mais que hora de almoço. Claro que andei por lá, de vez em quando, a ouvir-lhe a respiração e a pôr-lhe a mão na testa para ver se estava quente.

Sentou-se, bem disposto, na cadeira de comer, pôs-se a fingir que estava a mastigar, comeu bem a sopa de peixe e ainda quis banana. A temperatura anda nos 37 e pouco, quase nada. A tosse e a expectoração parecem estar a desaparecer. O dente que lhe tinha posto a gengiva com um grande alto deve ter rompido durante a noite. Está mais calmo, igual a si próprio. Depois de quase sete dias difícieis, já precisava de o ver assim. Até já esteve a 'ler' a revista do Continente, à procura de alguma promoção jeitosa. ;)

4 comentários:

rita disse...

Raisparta ao dentes, caramba...
A minha já tem uma carrada deles e os molares e pré-molares vieram aos pares. Ela já de si, não é lá muito boa de aturar, com dentes a nascer então... :)))
Bjs e as melhoras ;)

Mamã Pirata disse...

Andam aflitos com os dentes lá em casa é igual.E realmente aquilo deve doer e mto a julgar pela indisposiçao deles.

As melhoras rapidas.

Luz de Estrelas disse...

As 15 horas foi para recuperar das maleitas da doença! :D

susana disse...

anda aí a maleita dos dentes k xatixe :(
as melhoras ;)

jokitas