sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Se o Natal é quando um homem quiser, o Carnaval

é quando uma cabeleireira quiser...

Diálogo entre as duas funcionárias do cabeleireiro:
- Quando é o Carnaval? É na segunda, não é? [What?]
- Não. Desta vez calha numa terça. [Double what?]

E eu, de cabelo molhado, a levar com água quente nos ouvidos, interroguei-me se estaria a ouvir mal ou se andei a vida toda enganada e, afinal, o Carnaval não se festeja sempre numa terça-feira. Quem é que se atreve a dizer que ir ao cabeleireiro é uma futilidade? Ainda estou aqui com os neurónios a filosofar, de forma a tentar encontrar uma explicação para aquela conversa. :P

4 comentários:

Mamã Pirata disse...

EHEHEHE!

Kikarago!

Carla Isabel disse...

LOL!!!

(eu acho que ás vezes nem acreditamos no que ouvimos, né?)

Tita disse...

Lolll é caso para dizer tadinhas hehhehe.
bjs

mamã Diana disse...

Mega lol!!!!!